segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Soldados vindo do norte com a missão de destruir uma vila de camponeses

Os soldados vêm marchando lá do norte,
Onde os dias duram meses
E as casas são de algodão.

De longe se sente o cheiro da morte,
E aqui faz um frio que às vezes
Nos congela o coração.

E quem sabe com um pouco de sorte,
Os sonhos dos camponeses
Se realizarão.

2 comentários:

  1. Os camponeses são guerrilheiros. A estrutura desse ficou bacana, curti.

    ResponderExcluir
  2. Caro Professor,


    Vagando nessas tantas ruas virtuais, encontrei tua porta aberta – e entrei. Devo anunciar-me como um desses que diz "Oi, de casa! Trago aqui em minhas mãos a chave para dias melhores: escrevo e vendo livros!". Assim, venho te convidar para visitar o meu blog e conhecer as sinopses de meus romances e a forma de adquiri-los. Três deles estão disponíveis inclusive para serem baixados “de grátis”, em formato PDF.

    Se, porventura, chegar a lê-los e a leitura lhe agradar, vamos aproveitar esta ferramenta e disponibilizá-los aos seus alunos, até como atividade curricular. Daqui, eu estarei sempre disponível para concretizarmos um grande bate-papo virtual pós-leitura com a turma.

    Um grande abraço literário,


    João Bosco Maia

    ResponderExcluir